O CANTINHO DAS LINHAS
— desde 2010 —

É num cantinho da Avenida Arantes e Oliveira que encontramos, no meio de lãs e linhas, o aconchego da arte da criação. Ao entrar, somos recebidos pela proprietária, a Sra. Isabel Maria Resende Bastos, com um sorriso estampado no rosto e uma saudação tão suave quanto os novelos que vende.
A sua história profissional tem início com os seus tenros 13 anos, quando começou a trabalhar na mercearia da mãe. Apesar de gostar de lidar com o público, aquele tipo de negócio não lhe interessava, e portanto, lá pediu à mãe para fazer um curso organizado pela Singer. Posto isto, a mercearia começou a servir de exposição às peças que ia criando. As suas amigas encomendavam-lhe roupas, especialmente em tempo de festas e, mais tarde, lançou-se a fazer tricô.

Em 2010, a crise dificultou-lhe o negócio e, mediante observação atenta, decidiu mudar-se para São João da Madeira, na Avenida Arantes e Oliveira, para lá montar no nº989, o Cantinho das Linhas, onde os seus serviços eram mais requisitados. Aqui, continuou a aperfeiçoar a sua arte e chegou mesmo a desenvolver trabalhos para a ESAD (escola de moda do Porto) para as coleções de Miguel Vieira e de Hugo Costa.

Este é um estabelecimento em tudo dedicado ao vestuário: dos simples arranjos e remates, passando pela aquisição da tão necessária matéria prima com cuidados anti-alergênicos, às lindíssimas peças únicas feitas à mão.
Parando um pouco para refletir sobre a indústria de vestuário contemporânea, Isabel lamenta a flagrante perda de qualidade, até em marcas conceituadas. Remates, pontos e, por vezes, secções inteiras apresentam defeitos gritantes, que revelam uma confeção descuidada, sem qualquer atenção às mais básicas regras de costura.
Tal não é, contudo, de admirar, tendo em conta os ditames de rápida produção e consumo da nossa sociedade, em que tipicamente a qualidade é sacrificada em prol da quantidade. Por força destas, e de outras circunstâncias, Isabel assume um papel de  olhar para a sua arte como genuína e algo precioso a preservar. As suas clientes tendem a concordar, não só pela qualidade do trabalho de Isabel, mas também pela sua simpatia de atendimento e completa disponibilidade para dar dicas e tirar dúvidas - um extra aos workshops que organiza no espaço.
A sua filha, já ganhou, de resto, o gosto da mãe pela roupa, ainda que em moldes ligeiramente diferentes. Juntas idealizaram o logotipo do Cantinho das Linhas, remetendo para a faceta recatada do local, assim como a matéria prima desta loja, que já assumiu várias identidades, nomeadamente um escritório de contabilidade, uma cabeleireira, uma tabacaria e uma loja de vidros.

Neste Cantinho é você quem escolhe as linhas, mais quentinhas ou fresquinhas, consoante a estação, mas uma coisa é certa, quer seja Inverno ou Verão, se passar por esta casa terá sempre um ponto de partida para a arte da criação.  
O Cantinho das Linhas

 

2018-01-26T09:56:50+00:00